terça-feira, 23 julho 2024
Whatsapp | (24)99202-0053

Esporte

Voltaço vence o ABC e salta para 3º na Série C do Brasileirão

Time teve desempenho distinto nas duas etapas do jogo

17/06/2024 22:06:03

O Volta Redonda conquistou uma expressiva vitória, na noite desta segunda-feira (17) pela Série C do Campeonato Brasileiro. O time vendeu o ABC, em Natal, no Rio Grande do Norte, por 1 a 0. O gol foi marcado pelo artilheiro Ítalo Carvalho – que chegou a oito na competição.

Com o resultado, a equipe saltou para o terceiro lugar, com 19 pontos, colada com os dois primeiros colocados – Athletic, com 21, e Botafogo-PB, com 20. O time volta a campo no próximo domingo (23), contra o Caxias (RS), no Estádio Raulino de Oliveira.

A partida foi marcada por dois tempos distintos do Esquadrão de Aço. Na etapa inicial, soube administrar a posse de bola, criou chances e chegou ao gol. A equipe da casa também. O ABC lutou muito, sobretudo no segundo tempo, quando o Volta Redonda resolveu garantir o resultado e só não sofreu nenhum gol devido à incapacidade técnica do adversário e ao esforço de sua linha defensiva.

Artilheiro marca – O jogo no Frasqueirão, em Natal, surpreendeu pela movimentação dos dois times no primeiro tempo. Mesmo jogando fora de casa e tendo mais cuidados defensivos, o Volta Redonda não abriu mão do ataque. Criou a primeira grande oportunidade logo aos 7 minutos, quando Douglas Skilo finalizou da entrada da área e quase marcou um golaço, com a bola passando pelo goleiro Pedro Paulo e também rente à trave esquerda.

A resposta do time potiguar foi imediata. Pedro Felipe foi lançado na área pela esquerda e finalizou, mas houve o desvio providencial travado do zagueiro Zé Vitor e bola foi para fora. Aos 14, o Volta Redonda teve sorte. A bola foi cruzada na área, o zagueiro do Voltaço escorregou e o atacante Jenison, que estava ao seu lado, foi tão surpreendido que assistiu a bola passar.

Dois minutos depois, o Esquadrão de Aço abriu o placar. Jogando muito bem, Skilo deu um passe magistral para Ítalo Carvalho no lado esquerdo da área. O artilheiro chutou de pé esquerdo, o goleiro do ABC falhou e a bola foi para o fundo da rede.

Em desvantagem, o time da casa partiu para a pressão e assustou duas vezes. Primeiro, após passe de Gabriel Santiago, Pedro Felipe passou pelo goleiro Jean Drosny e bateu cruzado, mas o veterano Wellington Silva salvou praticamente em cima da linha, junto à trave esquerda. O lance foi aos 20 minutos. Já aos 30, foi a vez de Erick Varão achar Jenison invadindo a área. Ele chutou, Drosney desviou e, mesmo assim, a bola carimbou o travessão.

O Voltaço só foi ameaçar novamente os donos da casa aos 36. Na cobrança de uma falta próximo da meia-lua da área, Sanchez cobrou bem, mas o goleiro Pedro Paulo fez boa defesa.

As chances de gol continuaram. Aos 39, em um belo lance, Erick Varão pegou o rebate da defesa do Voltaço, “chapelou” um adversário e mandou um balaço de fora da área, com a bola passando perto do travessão.

Caminhando para o fim do primeiro tempo, era de se esperar que o BAC aumentasse a pressão. E isso aconteceu. Aos 42, Lucas Sampaio recebeu na grande área uma bola cruzada da direita e, mesmo finalizando com pouca força, obrigou Drosney a defender com o pé esquerdo.

Recuo excessivo – Veio o segundo tempo e o ABC veio com toda a pressão, dificultando a saída de bola do Voltaço e tendo seu jogo facilitado pelo recuo excessivo do time comandado por Rogério Corrêa. Aos 7, Varão obrigou Drosney a fazer uma boa defesa em um chute rasteiro. Aos 19, Iago – que havia acabado de entrar – perdeu um gol feito depois de uma bola cruzada da direita que passou por todo mundo, inclusive pelo atacante do ABC.

A equipe potiguar seguiu pressionando, mas sem criar claras chances de gol, expondo uma deficiência técnica muito grande de seus atacantes. Melhor para a defesa do Voltaço, que conseguiu conter as tentativas, enquanto o ataque não chegou a ser devidamente acionado. O goleiro Pedro Paulo, do ABC, praticamente assistiu o segundo tempo sem ser incomodado, tendo que intervir somente aos 45, num contra-ataque em que Vini Moura cabeceou na pequena área.

Foi um resultado expressivo para o time da cidade do aço, mas o jogo deixou uma lição: foram 22 finalizações do ABC contra seis do Esquadrão de Aço. Tivesse a equipe local mais recursos técnicos, o jogo poderia ter se complicado. (Imagem: Reprodução / Canal Nosso Futebol)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

18:09 Polícia