quinta-feira, 09 dezembro 2021
Fale Conosco | (24)3343-5229

Política

Volta Redonda vai criar Secretaria de Ordem Pública

06/10/2021 12:55:57

A prefeitura de Volta Redonda vai criar a Secretaria Municipal de Ordem Pública. O projeto de lei encaminhado pelo prefeito Antonio Francisco Neto, em regime de urgência e preferência, foi aprovado na sessão da noite da terça-feira (5) pela Câmara Municipal. Dos 20 vereadores presentes, apenas um – Jari (PSB) – votou contra.

Nos bastidores do Palácio 17 de Julho, a aposta é de que o titular da nova pasta será o tenente-coronel de Polícia Militar, Luiz Henrique Barbosa (foto abaixo), que já comandou a Guarda Municipal de Volta Redonda (GMVR) nos governos anteriores de Neto. Henrique esteve há cerca de três semanas na cidade, quando se reuniu com o prefeito e também com o comandante da GMVR, João Batista dos Reis, que foi seu braço direito quando comandou a Guarda Municipal. Por sinal, pelo projeto aprovado, a GMVR sai da aba da Secretaria Municipal de Administração e passará a ser subordinada à nova secretaria. O militar deixou no mês passado o comando do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE).

Volta Redonda vai criar Secretaria de Ordem Pública

Em sua justificativa aos parlamentares para a criação da nova pasta, Neto apontou a necessidade de readequar a estrutura administrativa da prefeitura, “permitindo o assessoramento direto ao Executivo Municipal na elaboração, coordenação e execução de políticas públicas municipais para o fortalecimento das ações de segurança pública, visando garantir a inclusão social e a igualdade de oportunidade entre os cidadãos de nossa cidade”.  Segundo o texto, caberá à Secretaria Municipal de Ordem Pública a articulação das ações dos órgãos da administração municipal e os de segurança pública municipal, cooperando, no exercício de suas atribuições, com os demais órgãos como as polícias Civil, Militar, Federal, Rodoviária Federal e também com o Ministério Público e do Poder Judiciário, “em busca do fortalecimento e garantias dos direitos da população de Volta Redonda”.

Os vereadores que votaram a favor destacaram o fato de que a nova secretaria não significará, segundo o prefeito, aumento de despesas para o Executivo (o que está especificado no artigo 7º do projeto de lei) e que a segurança pública tem sido uma das queixas da população de Volta Redonda.

EXTRAORDINÁRIA – No governo do ex-prefeito Samuca Silva, Volta Redonda também teve a criação de uma pasta especialmente voltada para a segurança pública. No caso do governo passado, entretanto, foi instituída, também com aprovação da Câmara, a criação de uma secretaria extraordinária, com validade até o final de dezembro de 2020, quando o mandato executivo se encerrou.

Instituída no primeiro semestre de 2020, a secretaria extra teve dois ocupantes: o tenente-coronel Antônio Goulart e o coronel Friederick Bassani. (Fotos: Arquivo / FOCO REGIONAL e Reprodução)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

18:53 Cidades

close