domingo, 16 maio 2021
Fale Conosco | (24)3343-5229

Saúde

Volta Redonda e Barra Mansa aderem a consórcio para compra de vacinas

02/03/2021 19:37:48

As prefeituras de Volta Redonda e Barra Mansa anunciaram, no início da noite desta terça-feira (2) a adesão ao consórcio público municipal para aquisição de vacinas contra a Covid-19. O consórcio foi criado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), diante da morosidade do governo federal em atender às necessidades dos municípios. Barra do Piraí anunciou a mesma medida, pela manhã.

Segundo o Palácio 17 de Julho, o prefeito Antonio Francisco Neto enviou à tarde o documento de manifestação preliminar de interesse no consórcio, que pode permitir que estados e municípios comprem vacinas com recursos da União ou próprio, em caso de descumprimento do Plano Nacional de Imunização (PNI) ou de insuficiência de doses previstas.

O movimento liderado pela FNP foi aprovado pelo Senado e tem previsão de ser legalmente constituído até o próximo dia 22. O consórcio também está apto a adquirir insumos e equipamentos que sejam necessários para o enfrentamento da pandemia de Covid-19.

O prefeito Antonio Francisco Neto disse que o objetivo da participação no consórcio é oferecer maior agilidade no processo de imunização da população de Volta Redonda. “Temos todo o interesse em imunizar toda a nossa população o mais rápido possível e não vamos medir esforços para que isso aconteça”, destacou o prefeito, ressaltando que a adesão ao consórcio foi encaminhada para apreciação da Câmara Municipal. A mensagem, votada em regime de urgência e preferência, foi aprovada por unanimidade pelos vereadores.

BARRA MANSA – A FNP reúne 412 cidades com mais de 80 mil habitantes, mas os municípios que estão fora desse escopo também podem participar. Até o momento, quase 300 cidades já indicaram intenção de participar.

Em Barra Mansa, o prefeito Rodrigo Drable (DEM) revelou que não medirá esforços para garantir a vacinação dos barramansenses. “Nosso compromisso com a população está acima de qualquer outra dificuldade. Faremos todo o esforço para garantir que a população seja vacinada o quanto antes”, disse.

O secretário municipal de Saúde, Sérgio Gomes, lembra que a cidade está preparada para intensificar a vacinação. “A cidade vem mostrando na prática que está organizada, sem filas e seguindo todas as orientações de cronograma. Se conseguirmos aumentar esse quantitativo, mais pessoas serão imunizadas num menor período de tempo”, afirmou, acrescentando que essa aquisição também ainda depende de aprovação na Câmara Municipal.

“Após assinada a lista de intenção, o município terá que ter aprovação legislativa, para poder, de fato, participar do consórcio e, futuramente, da aquisição das vacinas”, completou.

Além de doses dos imunizantes, o consórcio também pretende comprar equipamentos, medicamentos e insumos necessários no combate à pandemia. (Foto: Divulgação)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

16:25 Polícia