segunda-feira, 15 julho 2024
Whatsapp | (24)99202-0053

Esporte

No Dia das Mães, Voltaço presenteia o Botafogo-PB

12/05/2024 21:07:07

No Dia das Mães, o Botafogo da Paraíba foi criativo ao divulgar a escalação do time para o jogo fora de casa contra o Voltaço: além da tradicional definição da equipe, o clube paraibano divulgou também a “escalação” das mães dos atletas em uma rede social (veja no final do texto). E foram elas que comemoraram o resultado da partida disputada na noite deste domingo (12), no Estádio Raulino de Oliveira. O Belo, como é chamado o time paraibano, derrotou o Esquadrão de Aço por 3 a 1 no Raulino de Oliveira.

Embora não tenha tido maior posse de bola no jogo, o alvinegro paraibano foi mais eficiente nas conclusões e chegou à sua terceira vitória na Série C do Campeonato Brasileiro. Justiça seja feita: o Voltaço, que buscava sua terceira vitória consecutiva – tendo o jogo contra o São José adiado pelas chuvas no Rio Grande do Sul – até que criou boas oportunidades e poderia ter saído com um resultado melhor. Mas futebol, como se sabe, é bola na rede.

Com a vitória, o Botafogo saltou para a vice-liderança, com 10 pontos, enquanto o Voltaço está em oitavo, com 6 pontos. É preciso ressaltar, no entanto, que a classificação não reflete totalmente a competição, em razão do adiamento dos jogos dos três clubes gaúchos devido à situação do Rio Grande do Sul.

O próximo jogo do Tricolor de Aço será no sábado (18), contra o Náutico, também no Raulino. Na rodada, o time pernambucano, jogando fora de casa, perdeu de 2 a 1 para a Ferroviária, no Estádio Fonte Luminosa.

Jogo truncado – O primeiro tempo foi muito truncado em sua maior parte, principalmente pelo Botafogo, que recorreu a seguidas faltas para impedir o Voltaço de progredir no ataque. Isso acabou até proporcionando algumas oportunidades para o Esquadrão de Aço, mas dificultou o time progredir ofensivamente com a posse de bola.

Já o Belo procurava explorar as jogadas pelo lado direito e acabou abrindo o placar justamente no momento em que via o adversário tendo cada vez mais a posse de bola.

O primeiro lance de ataque foi criado pelos visitantes. Aos 9, depois de tabelar com Erick, o atacante Pipico arriscou da intermediária com um chute forte, mas encontrou o goleiro Jean Drosny pelo colocado para fazer a defesa.

O Volta Redonda respondeu numa cobrança de falta. Ítalo Carvalho foi derrubado na entrada da área. MV fez a cobrança e o goleiro Dalton espalmou.

Na sequência, aos 16, quase o Tricolor de Aço abre o placar. Após outra falta do Belo, PK levantou na área e Luiz Gustavo subiu sozinho para cabecear de frente para o gol, mas mandou para fora.

O Voltaço criou outra chance em bola parada. MV foi derrubado e ele mesmo fez a cobrança. Dalton desviou a bola que parecia ir de encontro à trave, mas o goleiro, acertadamente, não quis pagar para ver e jogou para escanteio.

Jogador mais perigoso do alvinegro paraibano, Pipico teve uma boa chance novamente aos 32, quando recebeu da direita de Wesley, porém o chute saiu mascado e a bola foi para fora, desapontando o técnico Evaristo Piza.

A compensação veio em seguida, quando o Botafogo abriu o placar. Evandro fez boa jogada e achou o atacante livre na área. Desta vez, Pipico não errou e, sem marcação, mandou para o fundo da rede para fazer 1 a 0 aos 33 minutos.

O Belo poderia ir para o segundo tempo com uma vantagem maior, em nova conclusão de Pipico, mas Jean Drosny conseguiu fazer a defesa em dois tempos no chute do atacante.

Quando parecia que o placar seria mantido na primeira etapa, veio o gol de empate do Esquadrão de Aço. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Zé Vitor cabeceou, o goleiro Dalton fez a defesa, mas, no rebote, Ítalo Carvalho não desperdiçou, cravando 1 a 1.

E, por pouco, o Voltaço não virou ainda nos descontos. A chance apareceu aos 48, quando Dalton defendeu a finalização de Vini Moura. Na sobra, de fora, da área, Robinho finalizou, mas o bom goleiro do Botafogo paraibano defendeu de novo, mandando para escanteio.

Golaço de visitante – Veio o segundo tempo e o Voltaço quis demonstrar que estava com disposição de virar. Com não mais que um minuto de bola rolando, Wellington Silva chutou de longe e Dalton espalmou.

Mas, logo na sequência, o Botafogo marcou de novo. E foi um golaço. Edmundo recebeu na intermediária, saiu rabiscando, passou por três adversários e, de fora da área, soltou um balaço que Drosny não conseguiu defender: 2 a 1 para o Bota paraibano.

O Voltaço tentou a reação nove minutos depois. Wellington Silva arriscou de fora da área e Dalton mais uma vez se saiu muito bem.

Com a vantagem, o Botafogo tratou de reforçar o sistema defensivo, visando bloquear qualquer tentativa de reação dos donos da casa. Já o Voltaço partiu para o tudo ou nada a partir dos 30 minutos, mas tendo que se cuidar para não deixar o adversário ampliar.  E aí, como é comum nestes panoramas de jogo, o nervosismo leva a sucessivos erros de passe.

E aí veio o golpe de misericórdia. Aos 46, a equipe paraibana marcou o terceiro. Edmundo tabelou com Gustavo, passou por um adversário e concluiu com êxito, fazendo 3 a 1, impondo a primeira derrota do Voltaço na Série C do Brasileiro, justamente dentro de casa. (Fotos: VRFC / Rafael Torres e Botafogo-PB)

No Dia das Mães, Voltaço presenteia o Botafogo-PB

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

17:16 Cidades