domingo, 17 outubro 2021
Fale Conosco | (24)3343-5229

Saúde

Em menos de três meses, VR fez duas mil cirurgias de catarata

18/09/2021 09:29:11

O programa “Revi-VER”, implantado pela prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), no último mês de julho, atingiu a marca de duas mil cirurgias realizadas. Com o objetivo de zerar a fila de espera formada por pacientes que aguardavam pelo procedimento há mais de dois anos, o programa prevê a oferta de outras duas mil cirurgias à população. A próxima etapa de cirurgias inicia no dia quatro de outubro.

A paciente Maria dos Santos Araujo fez a cirurgia na segunda vista na tarde desta sexta-feira. O primeiro procedimento foi realizado em 14 de julho, após espera de mais de dois anos. “Fiquei muito satisfeita com o resultado da cirurgia na primeira vista e, tenho certeza, vai dar tudo certo desta vez também. As cirurgias vão me proporcionar qualidade de vida”, disse, ressaltando o acolhimento e o atendimento dos profissionais na Ilha São João.

Os pacientes são atendidos em um centro cirúrgico oftalmológico móvel instalado na Ilha São João. No local, ocorrem os exames pré-operatórios, o paciente já sai do exame com a cirurgia marcada; e as revisões, feitas após 30 dias do procedimento.

A secretária de Saúde, Maria da Conceição de Souza Rocha, afirmou que, a princípio, o serviço foi contratado para zerar a fila de espera encontrada. “Mas a expectativa é atender todas as pessoas que estão esperando pela cirurgia em Volta Redonda”, disse.

“Esse é um trabalho emergencial, enquanto reestruturamos a nossa rede de atenção em oftalmologia como no passado. O Hospital do Retiro voltará a ser um centro de atendimento para as cirurgias de maior complexidade e que um outro local, no próprio hospital ou fora dele está sendo pensado para atender as demandas de pequena e média complexidades, como as cirurgias de catarata entre outras”, completou Conceição.

Como participar do ‘Revi-VER’ - Pode se inscrever no programa qualquer morador de Volta Redonda que já tenha sido diagnosticado com catarata. O interessado ou familiar deve procurar o DIPA – Departamento de Informação, Programação e Avaliação – que fica na sede da Secretaria de Saúde, no antigo hospital Santa Margarida, no bairro Niterói, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17 horas.

É preciso levar o Cartão SUS ou CPF e documento com foto do paciente, além de um número de telefone para contato. Não é necessário ter encaminhamento oftalmológico, pois haverá avaliação médica antes do procedimento cirúrgico.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

11:39 Cultura