terça-feira, 03 agosto 2021
Fale Conosco | (24)3343-5229

Economia

CDL-VR pede rejeição de projeto de ‘lockdown’ no estado

Tema será votado nesta 3ª feira na Alerj

19/05/2020 06:41:14

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Volta Redonda enviou aos deputados estaduais uma nota se manifestando contrária ao projeto de lei, previsto para ser votado nesta terça-feira na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), que autoriza a adoção de lockdown (isolamento total) em todo o território fluminense. Se for aprovada, a mensagem autoriza o governador Wilson Witzel a adotar a medida. No entanto, até agora, Witzel diz não ter considerado tal possibilidade.

O autor do projeto é o deputado Renan Ferreirinha (PSB). Segundo ele, o lockdown seria uma medida temporária, mas “único caminho para evitar uma pilha de cadáveres" no estado. O parlamentar afirma que a Alerj não pode obrigar o governo a adotar a medida, mas que a aprovação pela Casa seria importante para dar aval popular ao governador e dividir o ônus político com Witzel.

Confira na íntegra a nota da CDL:

“A Câmara de Dirigentes Lojistas de Volta Redonda (CDL-VR) vem a público se manifestar contrária a qualquer aprovação com ou sem emenda de projeto de lei, seja do Governo Estadual ou dos deputados, que determine ou sugira a adoção de lockdown em todo o Estado do Rio de Janeiro, por considerar ser uma medida extrema, principalmente, sem que seja discutida amplamente com todos os setores que possam ser afetados direta ou indiretamente, com as entidades representantes de classe, governos municipais e lideranças da sociedade civil.

Antes de qualquer medida de impedimento do direito de ir e vir, com suspensão total, ficando apenas serviços essenciais sob total controle, é preciso se esgotar todas as tentativas de combate à Covid-19 no âmbito da prevenção e tratamento, conforme vem sendo feito com medidas preventivas e a avaliação da capacidade de atendimento da rede municipal de saúde, uma vez que os municípios são soberanos na operacionalização de leitos e aplicação dos recursos destinados para o novo coronavírus.

Esperamos que os excelentíssimos deputados entendam a complexidade de se fechar por mais tempo as empresas, seja indústria ou comércio de bens e serviços, gerando um caos econômico, ceifando vidas também pelo desemprego.

Sabendo da preocupação de todos com a missão de não levar o estado à falência, com o fechamento das empresas, aguardamos por um diálogo e pela reprovação de qualquer projeto de lei que seja contrário e que desrespeita a democracia.

No mais, nos colocamos à disposição para discutirmos juntos medidas que sejam mais eficazes tanto para a população quanto para a nossa economia.

Atenciosamente,

Gilson de Castro

Presidente da CDL-VR”

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

19:04 Cidades