terça-feira, 25 junho 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Esporte

Voltaço pede ajuda à Câmara

11/01/2019 16:54:57

O presidente da Câmara de Volta Redonda, Edson Quinto (PR), recebeu na manhã desta sexta-feira o vice-presidente do Voltaço, Flávio Horta Júnior, e o presidente do Conselho Deliberativo, o advogado Murilo Pragana Patriota, para uma conversa sobre necessidades do clube. A reunião girou em torno de projetos desenvolvidos pelo Voltaço nas divisões de base e apoio da prefeitura.

Os dirigentes expuseram que cerca de 200 crianças, adolescentes e jovens atuam das categorias de base do Volta Redonda. Segundo eles, a prefeitura atualmente não contribui com nenhum valor para qualquer projeto.

- O [futebol] profissional se mantém sozinho. O que gostaríamos é que a prefeitura ajudasse a manter as categorias de base. Se tivéssemos 0,1% da receita do município seria o suficiente para manter tudo que não é do profissional. Hoje nos sentimos largados à própria sorte – lamentou Horta Júnior.

Na conversa, o vice-presidente informou que o clube mantém cerca de 70 funcionários, além do corpo técnico, que chega a 30 pessoas. Segundo ele, o time revelou, recentemente, 32 atletas para os 12 maiores clubes do Brasil. Ele destacou ainda a participação em competições como a Copa Cidade de São Paulo.

- É muito importante essa atenção do presidente Edson Quinto para com o Voltaço. Muitos garotos que sonham se tornar jogador de futebol são mantidos por nós sem qualquer apoio. Vários não têm condições financeiras de se manter e acabam desistindo – disse o vice-presidente.

Otimista, o vereador ressaltou que se dispõe a ser o elo entre a prefeitura e o Voltaço. Edson disse que tentará marcar uma reunião do prefeito com os dirigentes para que o assunto possa ser discutido.

“Convoquei os representantes do clube para entender o que está acontecendo e trabalhar para que o Voltaço esteja bem, pois representa a cidade. Vamos levar todas as demandas e tentar buscar o diálogo e a solução. O que for bom para a cidade e o bem comum nós vamos trabalhar”, prometeu o parlamentar.

O Volta Redonda Futebol Clube recebeu durante muitos anos uma subvenção da prefeitura de Volta Redonda. A ajuda, no entanto, foi suspensa em 2015. O então prefeito Antônio Francisco Neto, ex-presidente do clube, alegou que a medida foi determinada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), que considerou irregular o repasse. (Foto: Divulgação / Evandro Freitas)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

18:03 Economia