sexta-feira, 18 outubro 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Esporte

Voltaço joga bem, mas perde no Sul

Time foi derrotado por 2 a 0 pelo Ypiranga

03/08/2019 17:41:42

O Volta Redonda teve uma boa atuação, foi melhor em campo que o adversário na maior parte do tempo, mas saiu derrotado no confronto com o Ypiranga, na tarde deste sábado, pela Série C do Campeonato Brasileiro. O Tricolor de Aço perdeu de 2 a 0, gols de por Marco Antônio e Joao Vitor, um em cada tempo. O goleiro Douglas Borges ainda pegou um pênalti a favor da equipe gaúcha quando o placar estava 1 a 0.

Com o resultado, o Volta Redonda permaneceu com 23 pontos no grupo B, ainda no G4, um ponto a mais que o time gaúcho que, com a vitória, chegou aos 22.

O Tricolor de Aço volta a campo na próxima sexta-feira, às 20 horas, quando recebe o Remo, no Estádio Raulino de Oliveira. O jogo é o antepenúltimo da fase de classificação. Depois, restarão mais duas equipes gaúchas: o Juventude, de Caxias do Sul, também no Raulino, e o surpreendente São José, em Porto Alegre.

Voltaço melhor, mas Ypiranga na frente

O Voltaço entrou em campo confiante de que poderia ter arrancado a vitória. Bastaram apenas três minutos de jogo para o time mostrar que não faria da retranca sua tática de jogo. Saulo Mineiro arriscou um chute de longe, obrigando o goleiro Deivity a intervir, espalmando para escanteio.

Até os 15 minutos, o tricolor de aço dominava a posse de bola e chegava com mais perigo. Mas aí veio o gol do time da casa. Aos 17, a bola foi lançada na área e sobrou para Marco Antônio, que mandou para o fundo da rede, fazendo Ypiranga 1 a 0.

O time inteiro do Voltaço reclamou de uma falta que teria sido cometida por Jackson. Três jogadores foram advertidos com o cartão amarelo, assim como o técnico Toninho Andrade.

O lance não deixou o Voltaço apenas em desvantagem no placar. O time perdeu também o zagueiro Heitor, que se contundiu no ombro. Ele teve que deixar o jogo, sendo substituído por Daniel.

Refeito do gol sofrido e do inconformismo com o lance, o Esquadrão de Aço se recompôs em campo e por pouco não empatou aos 33, quando Núbio Flávio acertou uma boa cabeçada na bola, que explodiu no travessão.

O curioso do jogo aconteceu pouco depois quando a arbitragem se deu conta de que não havia uma ambulância no estádio. Ele paralisou o jogo por quase 20 minutos, à espera da chegada de um veículo de socorro. A paralisação acabou sendo prejudicial ao Voltaço, que novamente estava melhor em campo.

Frio só fora de campo

O segundo tempo começou com a temperatura de 8ºC – sensação térmica de 5ºC – em Erechim, mas o Voltaço quis esquentar as coisas em campo e partiu em busca do empate. O time da cidade do aço poderia ter empatado logo aos 9 minutos, se não fosse mais uma sensacional defesa do goleiro Deivity numa conclusão de Saulo Mineiro.

Porém, pouco depois, o atacante se contundiu e obrigou Toninho Andrade a fazer a segunda substituição na equipe. Ele colocou João Carlos.

O sinal de que o Volta Redonda estava melhor em campo foi dado pelo técnico do time gaúcho aos 16 minutos. Fabiano Daixt tirou o lateral direito Wesley, trocando pelo zagueiro Leo Kanu, mais alto, para reforçar o time contra as bolas altas. Cinco minutos depois, outra mudança, com Diego Quirino dando lugar a João Vitor.

Já Toninho Andrade, em busca de mais inspiração no ataque, trocou Gelson – que fez um bom primeiro tempo – por Luciano Naninho, mostrando que acreditava pelo menos no empate.

Já o Ypiranga poderia ter ampliado aos 28 minutos, quando num dos raros momentos em que foi perigosamente ao ataque conseguiu um pênalti, sofrido por Jackson. Na cobrança, no entanto, Douglas Borges brilhou e defendeu o chute de Reinaldo.

Mas a chance de buscar pelo menos um ponto foi por água abaixo aos 33. João Vitor fez o segundo do time gaúcho, jogando um balde de água fria (ou gelada) no time da cidade do aço, fechando o placar no Colosso da Lagoa. (Foto: Brayan Brandão/Ypiranga FC)

Ypiranga 2 x 0 Volta Redonda

Local: Estádio Colosso da Lagoa – Erechim (RS)

Juiz: Marcos Mateus Pereira

Auxs: Sérgio Alexandre da Silva e Marcos dos Santos Brito

Gols: Marco Antônio, aos 17 do 1º tempo, e João Vitor, aos 33 do 2º tempo

Ypiranga: Deivity, Wesley (Leo Kanu), Douglas, Renato e Roger; Fidelis, Reinaldo, Jackson e Ávila (Pedro Pires); Quirino (João Vitor) e Marco Antônio. Técnico: Fabiano Daixt

Volta Redonda: Douglas Borges, Gedeilson, Heitor (Daniel) e Luiz Paulo; Bruno Barra, Bileu, Gelson (Luciano Naninho) e Luan; Núbio Flávio e Saulo Mineiro (João Carlos). Técnico: Toninho Andrade

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

08:05 Polícia