sexta-feira, 06 dezembro 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Volta Redonda ganhará um novo Centro Pop

16/07/2019 19:25:26

As pessoas em situação social de vulnerabilidade, chamada de população de rua, terá um novo Centro Pop para ter uma melhor assistência da rede de atendimento de Volta Redonda. A nova sede será ao lado do Cais Aterrado e deve ficar pronta em seis meses, no início de 2020. O investimento de quase R$ 280 mil. A obra está sendo fiscalizada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura.

- As nossas ações de abordagem são feitas diariamente e tem como objetivo apresentar os trabalhos que ofertamos com a rede de assistência para este público e convencê-los a sair das ruas. Nós temos o Centro Pop, o Quarto de Passagem, o Abrigo Municipal Seu Nadim. Em caso de alcoolismo, a pessoa é encaminhada para a rede de saúde para fazer o tratamento e receber a medicação. Apesar das resistências, temos alcançado êxito nestas abordagens – disse o secretário municipal de Ação Comunitária.

Larissa Fagundes, da divisão técnica do Departamento de Proteção Especial da secretaria, citou a necessidade do novo Centro Pop: “As obras das novas instalações do Centro Pop já começaram. A mudança de endereço nos trará muitos benefícios com uma boa estrutura física, pois hoje não conseguimos executar toda a proposta da política de assistência devido ao espaço físico que temos”.

- Agora, com um espaço maior, mais serviços serão oferecidos para não deixar ninguém vivendo nas ruas contra a própria vontade – completou o prefeito.

No atual Centro Pop, no bairro Aterrado, de janeiro a junho de 2019, 1.272 pessoas foram atendidas, sendo 488 migrantes. A média mensal de atendimentos chega a 211 pessoas.

De acordo com a área social da Secretaria de Ação Comunitária, este serviço especializado tem como meta a promoção e o convívio grupal, social e o desenvolvimento de relações de solidariedade, afetividade e respeito, proporcionando vivências para o alcance da autonomia das pessoas assistidas, estimulando a organização e a participação social.

As pessoas atendidas pelo Centro Pop tem o direito a higiene pessoal, lavar as roupas, alimentação, local para dormir, mas têm que atender as normas de funcionamento do órgão durante a permanência. Os usuários recebem atendimento psicológico e tratamento contra o uso de álcool por um grupo de profissionais da rede. Depois de uma triagem, se necessário são encaminhados para o Abrigo Seu Nadim.

A Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac) conta com duas ferramentas essenciais na política de assistência social. O Departamento de Proteção Básica (DPB) age na prevenção com o fortalecimento de vínculo familiar. E o Departamento de Proteção Social (DPES), acionado quando já ocorreu a violação de direitos e a pessoa precisa de proteção social urgente.

A prioridade da rede de atendimento da Smac trabalha para fazer a reinserção social das pessoas em situação de rua, para que consigam ter uma independência financeira e resgate do convívio familiar. (Foto: Divulgação)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

10:07 Nacional