sexta-feira, 15 novembro 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Polícia

Procurado preso em hospital de Volta Redonda foi baleado no Rio

Homem seria chefe do tráfico na Vila Delgado, em Barra Mansa

16/08/2019 13:25:38

Suspeito de chefiar o tráfico de drogas na Vila Delgado, em Barra Mansa, e com mandado de prisão expedido pela Justiça, Dailson Marques de Lima, de 37 anos, buscou atendimento no Hospital de Unimed em Volta Redonda, dez dias depois de ser baleado no Complexo da Maré, no Rio. Segundo consta de ocorrência feita pelos policiais que cumpriram o mandado no hospital, ele levou um tiro durante uma operação realizada na comunidade carioca pelo Batalhão de Choque da Polícia Militar, Bope (Batalhão de Operações Especiais) e Core (Coordenadoria de Recursos Especiais) no último dia 6.

Ele chegou a ser atendido numa unidade médica do complexo, mas o local não contava com aparelhagem adequada nem especialista para cirurgia na barriga. Ainda conforme consta da ocorrência feita pelos agentes e obtida pelo FOCO REGIONAL, o suspeito foi inicialmente levado para a casa de uma parente da companheira, na Vila Coringa, em Barra Mansa, sendo que, na madrugada desta sexta-feira, por volta de 1h30min, ela o levou ao hospital particular de Volta Redonda, onde passou por cirurgia. 

Inicialmente, ele alegou que havia sido atingido por uma bomba caseira. Os médicos, no entanto, verificaram que o ferimento era consequência de um tiro, provavelmente de fuzil. O suspeito teria providenciado R$ 30 mil para custear todos os procedimentos médicos e internação. Em principio, a informação é de que ele teria sido ferido em Angra dos Reis.

Dailson se encontra sob custódia no hospital. Os agentes souberam de sua entrada quando seguiam para o Roma para a operação deflagrada na manhã desta sexta-feira pelo comando do 28º BPM (Batalhão de Polícia Militar) no conjunto habitacional do Minha Casa Minha Vida. Eles confirmaram a existência do mandado de prisão na delegacia de Volta Redonda. A ordem judicial foi cumprida.

Prisão no Roma

Na operação realizada no Roma, logo cedo os policiais cumpriram outro mandado de prisão, desta vez de Carlos Alexandre Bernardo, de 35 anos. Ele estava dentro de um Kombi de transporte escolar que foi revistada. Também de acordo com a ocorrência feita pelos PMs, ele é suspeito de envolvimento no caso de dois sargentos da corporação que foram baleados no Roma, juntamente com uma criança de 5 anos, no dia 23 do mês passado. Eles estavam a serviço do GAP (Grupo de Apoio à Promotoria) do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. Carlos foi levado à delegacia de Volta Redonda para o cumprimento do mandado.

Ainda no Roma, agentes do Serviço Reservado do 28º BPM (Batalhão de Polícia Militar) e do BAC (Batalhão de Ação com Cães) apreenderam, numa área de mata ao lado do conjunto habitacional, 16 tabletes de maconha prensada e vários frascos de cheirinho da loló.

A operação no bairro continuava até o momento desta publicação. (Foto: Arquivo)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

19:13 Polícia