quarta-feira, 19 junho 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Nacional

Preso em Minas tatuador suspeito de abusar sexualmente de mulheres

Ele teve a prisão decretada pela Justiça

01/04/2019 11:07:10

A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu um tatuador suspeito de abusar sexualmente de mulheres em seu estúdio na Savassi, em Belo horizonte. A prisão ocorreu no domingo, na casa de amigos do suspeito em Lagoa Santa. O mandado de prisão havia sido expedido pela Justiça na última quinta-feira.

Leandro Caldeira Alves Pereira, de 44 anos, é suspeito de crime de violação sexual mediante fraude. O crime é previsto no artigo 215 do Código Penal. Segundo a lei, configura-se crime "ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com alguém, mediante fraude ou outro meio que impeça ou dificulte a livre manifestação de vontade da vítima". A pena prevista é de dois a seis anos de prisão.

Pelo menos 15 mulheres denunciaram o tatuador na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Belo Horizonte.

As histórias foram divulgadas depois que a professora de literatura Duda Salabert, que foi candidata ao Senado nas últimas eleições, utilizou o Instagram para falar sobre sua preferência em tatuar com profissionais mulheres. Depois da publicação, ela recebeu diversas mensagens de mulheres relatando casos de abusos, entre eles, os supostamente praticados por Leandro desde 2012.

A defesa de Leandro ainda não se pronunciou a respeito. (Foto: Reprodução Instagram)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

19:43 Economia