domingo, 25 outubro 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Prefeitura de VR vai propor novas flexibilizações

13/09/2020 20:51:07

A prefeitura de Volta Redonda vai solicitar na próxima quarta-feira (16), em reunião com o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), uma ampliação nas flexibilizações na cidade. Entre as propostas que serão apresentadas, está a liberação, com restrições, de salões de festas, clubes sociais e campos de futebol.

Outra proposta será a desmobilização do Hospital de Campanha, instalado no Estádio Raulino de Oliveira no início da pandemia. As propostas são baseadas na diminuição de ocupação de leitos para Covid-19. Neste domingo (13), apenas 5,4% dos leitos de UTI estão ocupados e nenhuma pessoa estava internada no Hospital de Campanha. A solicitação será baseada na maior taxa de ocupação já efetuada em leitos de enfermaria na cidade.

Segundo o secretário do Gabinete de Estratégia Governamental, Joselito Magalhães, o objetivo é que se encontre, em conjunto com o MPRJ e órgãos sanitários, uma alternativa para a volta das atividades. “"A cidade, com as medidas de proteção e restritivas, está conseguindo controlar o vírus. E, aos poucos, precisamos ampliar as flexibilizações. Mas vamos buscar caminhos junto com os órgãos técnicos para garantir a proteção da população e o combate ao vírus. Os campos, por exemplo, já estão sendo utilizados pelo futebol amador e as regras são necessárias para evitar aglomerações fora do espaço", comentou.

Joselito explicou ainda que um dos motivos para a diminuição da ocupação de leitos é o tratamento precoce para casos suspeitos. "Já são 300 pessoas que realizaram esse tratamento e não precisaram de internação. Por isso, pedimos: se você é do grupo de risco ou tem mais de 40 anos, nos três primeiros dias de sintomas, procure uma das nossas unidades para começar o tratamento precoce com a Nitazoxanida", disse.

Outro pedido da prefeitura será a retomada ao local de origem da feira-livre da cidade, que foi adaptada para evitar aglomeração. "Importante destacar que não será permitida aglomeração e regras serão encaminhadas e discutidas com Ministério Público visando a total flexibilização. A prefeitura entende que estamos com o vírus sob controle, com medicamento para tratamento e leitos disponíveis”, explicou Joselito.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

09:42 Cidades