sábado, 08 agosto 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Política

Pré-candidato em BM demonstra preocupação com fake news

03/03/2020 17:53:33

O pré-candidato a prefeito de Barra Mansa, Paulo César Alves, o PC, do Podemos, afirmou nesta terça-feira estar preocupado com as fakes news na campanha municipal deste ano. Neste começo de semana, um evento realizado por partidos de oposição ao prefeito Rodrigo Drable – organizado por ele – foi alvo de uma montagem que circula em redes sociais, aproveitando a peça publicitária de uma loja varejista da cidade para disseminar que “a turma do [ex-prefeito] Jonas Marins quer voltar”.

O vídeo da publicidade antecipava a revelação de “um grande escândalo envolvendo a cidade de Barra Mansa”, o que despertou a curiosidade do público e, principalmente, dos políticos locais. Muitos acreditavam que uma bomba fosse sacudir a política local.

Criado pelo publicitário Elias Raffide, mais conhecido como Peça, o vídeo foi alvo de uma montagem utilizando sua voz e fotos da entrevista coletiva concedida na semana passada por Paulo César e outros líderes partidários para anunciar o coronel PM reformado Jorge Ricardo como pré-candidato a vice, caso o nome de PC seja o escolhido para representar os partidos que se uniram para disputar a prefeitura em outubro.

As demais imagens e legendas utilizadas na montagem são as mesmas do trabalho feito pelo publicitário para a loja. Em razão da fake news, Peça publicou outro vídeo nas redes sociais condenando a utilização de seu trabalho para o ataque político.

Paulo César disse acreditar que, na eleição deste ano, a Justiça Eleitoral atuará com rigor contra as fake news. “A gente vê isso com preocupação porque este tipo de procedimento ilícito está no foco da Justiça Eleitoral, tanto que está em andamento a CPI das Fake News. Ao mesmo tempo em que vemos com tristeza este tipo de comportamento em Barra Mansa, temos certeza de que a Justiça Eleitoral vai atuar com rigor, desmascarando este pessoal”, afirmou, lembrando que “teve gente de Barra Mansa convocada para a CPI” por causa da eleição presidencial de 2018.

Ele lamentou que “as pessoas saiam do campo das ideias para ataques pessoais”, em prejuízo de debates importantes para a cidade. “Isso é coisa de gente que não tem projeto de governo, mas somente de poder”, prosseguiu o pré-candidato, acrescentando que não tem como afirmar de quem partiu a montagem e disseminação do vídeo nas redes sociais.

- Mas se é um ataque a quem faz oposição ao governo, dá para imaginar – frisou Paulo César.

Presidente da Previbam (Fundo de Previdência dos Servidores de Barra Mansa) na gestão de Jonas Marins – que foi afastado do cargo por decisão da Justiça numa ação movida pelo Ministério Público estadual – o pré-candidato do Podemos disse ter orgulho do trabalho que realizou à frente da instituição e que não faz parte “da turma de ninguém”.

- Eu sou da turma do Paulo César, esta turma que está chegando agora. Fiz parte do governo anterior, fui convidado por ser técnico. Conheci o Jonas depois que ele já estava eleito – rechaçou.

No vídeo que publicou após a apropriação de seu trabalho, o publicitário lamentou o ocorrido. Disse que Barra Mansa “tem muitos talentos da criatividade”, mas também “talentos da fake news”. E ironizou:

- Talentos nacionais, inclusive – disse ele, afirmando sentir vergonha alheia.

“Me preocupa muito que pessoas fiquem tão preocupadas em achar que são tema deste ‘escândalo’ a ponto de tentar desviar o foco para os candidatos da oposição”, ressaltou. Ele encerrou destacando que o “escândalo” da peça tem mesmo a ver com política: “Mas com a política de preços”, encerrou. (Foto: Arquivo)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

07:41 Polícia