sábado, 21 julho 2018
Fale Conosco | (24)3343-5229

Estado

Polícia faz operação em Caxias e Três Rios contra quadrilha de sequestros-relâmpagos

Vítimas eram atraídas através de falsos anúncios de compra e venda de veículos na Internet

12/07/2018 10:24:47

A Polícia Civil e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro deflagraram nesta quinta-feira em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, e em Três Rios, a Operação Web, que mira uma quadrilha especializada em sequestros-relâmpagos. Segundo o MP, as vítimas eram atraídas através de falsos anúncios de compra e venda de veículos em sites na Internet. Foram expedidos 18 mandados de prisão e 19 de busca e apreensão. Dez pessoas estavam presas até o momento desta publicação.

A investigação é da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) e começou há três meses quando um morador de Jacarepaguá foi morto em Caxias. Foi apurado que ele saiu para comprar um carro oferecido em um site de venda na Internet. Há suspeitas de que um homem desaparecido desde o dia 27 do mês passado também tenha sido vítima da quadrilha.

Segundo as investigações, a quadrilha tinha ramificações, aliciando as vítimas através do site OLX. Outros sequestravam, pegando os cartões da vítimas, usados em compras de produtos que eram revendidos por outra célula criminosa.

Ainda segundo os investigadores, havia também um grupo responsável pelo desmonte de carros roubados e revenda das peças. As pessoas sequestradas eram obrigadas a fornecer senhas e outros dados bancários para a transferência dos valores que tinha em conta.

De acordo com a polícia, os criminosos atuam também no tráfico de drogas, armas e receptação e adulteração de veículos roubados. Participam da operação 130 policiais das três Delegacias de Homicídio, a Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), 66ª DP (Piabetá) e 33ª DP (Realengo). (Foto: Divulgação)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

20:18 Polícia