segunda-feira, 01 junho 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Política

Paulinho do Raio-X ameaçou agentes ao ser preso, diz delegada

Segundo ela, vereador ficou agressivo no momento do flagrante

08/03/2020 21:01:51

Suspeito de tentar extorquir em R$ 325 mil o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, para evitar o impeachment do chefe do Executivo, bem como para não apresentar novos requerimentos neste sentido na Câmara de Volta Redonda, o vereador Paulinho do Raio-X, indiciado por corrupção passiva e adulteração de sinal identificador de veículo (ele usava um carro alugado com placa adulterada), foi indiciado em pelo menos outros dois crimes: resistência e ameaça.

A informação foi dada ao FOCO REGIONAL pela delegada Ana Paula Marques Costa Faria, da Coordenadoria de Investigação de Agentes com Foro (Ciaf), da Polícia Civil do Rio. Ela coordenou a ação que resultou na prisão em flagrante do vereador de Volta Redonda, na manhã de sábado, na sala comercial de um shopping na Vila Santa Cecília, quando, segundo a polícia e o Ministério Público do Estado do Rio de janeiro (MPRJ), o parlamentar esperava receber a quantia que exigia do prefeito.

Samuca foi ao local que, segundo as investigações, teria sido determinado pelo vereador para receber o dinheiro. Ele, no entanto, não tinha na mochila o valor total exigido, tendo apenas parte para configurar o flagrante. Foi o prefeito que procurou o MPRJ para denunciar o crime, de acordo com o que foi divulgado tanto pelo órgão quanto pela Polícia Civil.

- Ele ficou muito agressivo quando foi anunciada sua prisão em flagrante – disse a delegada. “Ameaçou os agentes e teve que ser contido. Prometeu que iria atrás deles, pois eles não sabiam com quem estavam se metendo”, acrescentou Ana Paula.  

SIGILO - A delegada confirmou ainda que a prisão em flagrante do vereador foi transformada em preventiva neste domingo, durante audiência de custódia realizada numa unidade da Polícia Civil em Benfica, na cidade do Rio de Janeiro. O local é destinado a presos com foro privilegiado, como é o caso de vereador de Volta Redonda. No entanto, não se sabia, até o momento desta publicação, se o vereador permanecia em Benfica, após a audiência de custódia. O FOCO REGIONAL não conseguiu contato com a Seap (Secretaria de Administração Penitenciária) para confirmar onde Paulinho se encontra custodiado.

Ana Paula disse também que, por questões de sigilo nas investigações, não poderia informar os nomes de outros dois vereadores de Volta Redonda suspeitos de terem participado do caso. Mas garantiu: “Haverá desdobramentos”.

Até o momento desta publicação, o FOCO REGIONAL não conseguiu com a assessoria do vereador Paulinho do Raio-X saber quem são seus advogados no caso (há comentários de que seriam dois, um criminal e um eleitoral) e saber qual a versão dele a respeito do caso. A Câmara de Volta Redonda também não se pronunciou a respeito passadas mais de 24 horas de a prisão do parlamentar ter se tornado pública.

Leia também:

Vereador Paulinho do Raio-X é preso sob acusação de extorquir prefeito

Paulinho do Raio-X é o 1º vereador preso na história de Volta Redonda

Justiça decreta prisão preventina de Paulinho do Raio-X

 

 

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

18:39 Saúde