sexta-feira, 25 setembro 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Parada da Diversidade será realizada hoje em Barra do Piraí

Concentração vai ser na Praça Nilo Peçanha

12/01/2020 10:01:52

Prefeitura apoia realização da 9ª Parada da Diversidade

 

Barra do Piraí realiza neste domingo, a partir das 15 horas, a 9ª edição da Parada da Diversidade do Sul Fluminense. Realizado pela militante LGBT, Alexandra Oliveira, o evento tem apoio da prefeitura. A concentração será na Praça Nilo Peçanha, no Centro. O objetivo da marcha é combater todos os tipos de preconceito, centrado ao público de gays, lésbicas, bissexuais e pessoas trans.

A Parada da Diversidade reúne militantes e simpatizantes à causa LGBT de várias partes da região. São esperadas cerca de 10 mil pessoas. O evento faz parte do calendário oficial da cidade. A prefeitura vai apoiar com o trio elétrico, banheiros químicos, Guarda Municipal e contratando o show da cantora Valesca Popozuda.

De acordo com Alexandra Oliveira, a Parada da Diversidade do Sul Fluminense tem sido pela segurança e organização. “Tanto que, antes da virada de cada ano, já entramos com pedido de segurança aos órgãos competentes. E, em 2020 não será diferente, pois a Polícia Militar e a Guarda Municipal vão atuar juntas neste evento. Estamos empenhados em combater todo tipo de intolerância contra todos os gêneros, principalmente aos LGBTs, pois, a cada 24 horas, uma pessoa desta classe morre no Brasil, vítima de homotransfobia”, completa a organizadora.

O secretário municipal de Turismo e Cultura, Joel Tinoco, ressalta que a marcha nunca apresentou qualquer tipo de tumulto. Frisa a respeito do público LGBT - onde 70% dos que frequentam a Parada da Diversidade pertencem à classe -, quando o assunto é economia e giro de capital na cidade, antes do evento, e, principalmente, no dia.

Joel Tinoco acredita que o destino turístico desta classe tende a aumentar a cada ano, principalmente após a aprovação do crime de homofobia, incutido no de racismo.

“O importante para os governos é implementar políticas públicas que favoreçam as classes de todos os gêneros e orientações sexuais. E o turismo LGBT é um monte econômico, que auxilia na roda de emprego e renda de cada cidade. É comprovado que a população integrante deste nicho chega a consumir três vezes mais que as demais. Além do respeito a este público, temos que ter a atenção dispensada a eles, para que a festa seja completa, para todos”, disse o secretário.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

06:25 Cidades