domingo, 12 julho 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Estado

Morre no Rio o economista Carlos Lessa

Ele foi reitor da UFRJ e presidente do BNDES

05/06/2020 12:06:02

O economista Carlos Lessa, de 83 anos, morreu no final da madrugada desta sexta-feira no Rio. Ele estava internado no Hospital Copa Star, na Zona Sul do Rio. A causa da morte não foi informada.

Lessa foi reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e presidente do BNDES. Deixou três filhos e netos. A família informou que fará uma cerimônia virtual em função da pandemia.

Carlos Francisco Theodoro Machado Ribeiro de Lessa se formou economista em 1959, tornando-se reitor da instituição em 2002. Fã da cultura e do Rio de Janeiro, a atuação dele não se restringiu ao campo acadêmico. Ele fundou o bloco Minerva Assanhada, integrado por alunos e estudantes da instituição.

A UFRJ divulgou uma nota em seu site afirmando que Carlos Lessa sempre trabalhou pela universidade, com respeito às decisões dos colegiados e às instâncias administrativas. Na posse como reitor, Lessa entregou ao então ministro Paulo Renato de Souza um plano emergencial propondo ações imediatas para revitalizar a instituição. A universidade decretou luto oficial de três dias.

De janeiro de 2003 a novembro de 2004, Lessa foi presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Ele também foi professor do Instituto Rio Branco, ministrou cursos na Comissão Econômica para a América Latina e Caribe (Cepal) e no Instituto Latino-americano de Pesquisas (Ilpes), da ONU, na Universidade do Chile e na Unicamp. (Foto: Divulgação)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

17:27 Cidades