segunda-feira, 30 março 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Política

Maycon rompe com Samuca

06/02/2020 16:01:49

O vice-prefeito Maycon Abrantes anunciou nesta quinta-feira, em um vídeo compartilhado em redes sociais, que protocolou seu pedido de exoneração da presidência da Companhia de Habitação (Cohab) e que está, a partir de agora, politicamente independente do prefeito Samuca Silva. Na gravação, ele justifica decisão pelo fato de o prefeito agir “de maneira contrária com tudo aquilo que pregamos e trabalhamos durante a campanha”.

- Trabalhamos sempre pensando numa mudança, na renovação, em acabar com a velha política. E infelizmente tudo isso não aconteceu – disse o vice, citando especificamente o fato de Samuca ter convidado para o governo adversários políticos na eleição municipal de 2016: o ex-deputado Nelson Gonçalves, a ex-vereadora América Tereza e o empresário Rogério Loureiro, todos ocupantes de cargo de primeiro escalão no governo. De acordo com Maycon, sem citar nomes, Samuca integrou os ex-adversários de “forma isolada, individualmente (...) achando que, assim poderia ter um ganho político”. Ele diz não ter concordado, embora somente agora tenha se manifestado a respeito.

Maycon, que no governo chegou a acumular antes o cargo de secretário municipal de Assistência Social, disse ter acreditado em um projeto “realmente diferente”, o que não aconteceu.

- Por diversas vezes sentei, conversei e ele disse que iria ouvir mais, que iria melhorar o relacionamento dele com os demais secretários, comigo, com a população em geral, mas infelizmente isso também não aconteceu – acrescentou o vice.

Ele se mostrou especialmente incomodado com um evento do programa Orgulho de Volta, ocorrido no último domingo, em que um jornal local publicou que Samuca havia demonstrado força política pela presença de Paulo Baltazar (adversário de Samuca no segundo turno de 2016, hoje diretor do Hospital do Retiro) e dos demais novos aliados. “A matéria que sai é sempre enaltecendo esses agentes políticos que vieram sem o diálogo, a conversa, sem justificar para a população e pra gente, principalmente, que acreditava no governo, porque ele estava fazendo isso”, prosseguiu Maycon, ressalvando que nada tem contra eles, mas discorda da forma como Samuca estaria “tratando os demais secretários e também a população”.

Ele disse ter comunicado o prefeito Samuca ainda no domingo de sua decisão.

Márcia Cury deixa OS que administra o HSJB

Também nesta quinta-feira, a ex-secretária de Saúde, Márcia Cury, deixou a OS (Organização Social) que assumiu recentemente a administração do Hospital São João Batista. Segundo fontes ligadas à ela, o motivo seria sua posição crítica à saúde manifestada particularmente.

Márcia é um nome cogitado por outros pretendentes ao Palácio 17 de Julho como a vice ideal, enquanto, segundo pessoas próximas a ela, também não descartaria ser cabeça de chapa para concorrer à prefeitura em outubro.

No finício da noite, também em suas redes sociais, Márcia publicou uma nota em que afirma que sua exoneração da OS foi por motivação política. "M eus amigos e minhas amigas. Venho a público informar que fui exonerada da O.S. AFNE, (Associação Filantrópica Nova Esperança) que assumiu a administração do Hospital São João Batista, em dezembro, e para a qual estive prestando serviços nos últimos 30 dias. Ao ser exonerada, tomei ciência de que o meu afastamento foi uma medida de interesse político.

Desde o início do atual governo, permaneci prestando serviços à Secretaria de Saúde, em defesa das pessoas humildes, que precisam do serviço público e não tem recursos para contratar um plano de saúde. Deixei o Hospital do Retiro, ao qual dediquei no governo passado, todo o meu conhecimento de administração hospitalar, para transformá-lo em modelo no Serviço Público.

Aceitei a incumbência de prestar serviços à OS que assumiu o Hospital São João Batista para defender os interesses da população, do corpo médico, do corpo de enfermagem e dos funcionários de apoio. Minha intenção era contribuir para que o “nosso melhor hospital público” mantivesse o alto nível.

Discordei de muitas atitudes da nova administração da área de saúde, prejudiciais ao corpo de funcionários, como também discordo de atos do atual governo, em termos de gestão. Em várias oportunidades cheguei a apresentar meu pedido de exoneração, mas acabei permanecendo, sentindo que as pessoas precisavam da minha presença junto ao governo.

Deixo o governo, ao ser demitida, com a certeza do dever cumprido. Tenho consciência de que meu trabalho foi reconhecido pela comunidade, a quem sempre dediquei integralmente o meu tempo e o meu conhecimento".

Samuca emite nota sobre Maycon

No final da tarde, a assessoria do prefeito Samuca Silva encaminhou uma curta nota sobre a decisão de seu vice-prefeito. "O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, afirma que Maycon Abrantes, sempre foi parceiro do projeto de mudança e reconstrução de Volta Redonda, e que foi pego de surpresa com o anúncio do vice-prefeito em suas redes sociais.  Samuca, que cumpre hoje agenda de interesse do desenvolvimento da cidade em São Paulo, espera continuar contando com a colaboração de Maycon Abrantes na administração".  (Foto: Arquivo - 12/07-2018)

Atualizada às 18h31min

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

18:56 Cidades