domingo, 11 abril 2021
Fale Conosco | (24)3343-5229

Polícia

Jovem é detido em festa clandestina e indiciado pela polícia

21/02/2021 18:11:32

Com base no artigo 268 do Código Penal, a Polícia Civil de Volta Redonda indiciou, neste domingo (21), um jovem de 25 anos por infração de medida sanitária preventiva. Ele foi conduzido à delegacia de polícia pela Guarda Municipal de Volta Redonda (GMVR) e pela Polícia Militar, que o deteve num sítio localizado no Retiro, na Estrada da Fundação Beatriz Gama, onde acontecia uma festa clandestina. O local, segundo consta a ocorrência à qual o FOCO REGIONAL teve acesso, está interditado pelos bombeiros e pela Secretaria Municipal de Fazenda desde 2017.

A denúncia que levou a GMVR e a PM ao sítio é de que estava sendo realizada uma festa com clandestina e com aglomeração, o que foi confirmado pelos agentes à polícia. Em depoimento, o rapaz alegou que estava comemorando seu aniversário e que conseguiu o sítio emprestado. Segundo ele, havia cerca de 100 pessoas na festa. Na ocorrência policial consta que, de fato, o jovem fez aniversário no sábado (20). A festa teve início por volta da 1 hora da madrugada.

O artigo do código penal trata sobre a infração de determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, como é o caso da Covid-19. A pena prevista, em caso de condenação, é de detenção de um mês a até um ano, mais multa.

ISOPORZINHO – Além deste caso e da interdição do “pub” Jack Black, no Aterrado, a força-tarefa montada pela prefeitura de Volta Redonda para fiscalizar o cumprimento dos decretos de prevenção à Covid-19,  notificou um quiosque no bairro Sessenta sobre a proibição de eventos e aglomeração em praça pública, em função de um evento que estava programado para este domingo. Desta forma, a equipe de fiscalização conseguiu atuar em caráter preventivo.

Em outra ação, um evento do tipo "isoporzinho" ocorria no  bairro Jardim Vila Rica. Com roda de samba e aglomeração, a festa foi encerrada com a chegada da força-tarefa. Os frequentadores foram dispersados.

Quanto à interdição do Black Jack, a força-tarefa confirmou que o estabelecimento já havia sido alvo da fiscalização em outras ocasiões. Apesar de ter afirmado que funcionaria apenas como bar, na noite do sábado (20) os fiscais constataram aglomerações e caráter de boate no evento que estava sendo realizado.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

17:30 Esporte