quinta-feira, 02 julho 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cultura

Fotos raras achadas no lixo inspiram campanha em Resende

Objetivo é alertar para a importância dos acervos pessoais

19/02/2020 14:45:45

Um episódio inusitado deu origem a uma campanha de preservação da memória de Resende nesta semana. Cerca de 10 álbuns de fotografia foram resgatados do lixo por um morador da cidade e foram entregues à prefeitura na última segunda-feira. Com isso, a Fundação Casa da Cultura Macedo Miranda, através do Arquivo Histórico de Resende, resolveu iniciar uma campanha informativa para instruir a população sobre a preservação e a entrega de documentos, fotos e materiais de importância histórica para o município.

De acordo com o presidente da Casa da Cultura Macedo Miranda, Thiago Zaidan, o Arquivo Histórico de Resende possui um vasto acervo com fotos, documentos, periódicos e outros itens, que ajudam a contar a história da cidade. Ele falou sobre o objetivo da campanha e a importância do que pode estar “escondido”, muitas vezes, em locais como os porões das próprias residências. 

“É importante que façamos uma ampla divulgação do local exato para o descarte desse tipo de material e, com certeza, não é no lixo. Cada morador tem sua própria história. Uma festa de casamento, um baile de carnaval ou um batizado registrado em foto, também é um pouco a história da nossa cidade. E a campanha acontece para que incidentes como este dos álbuns descartados no lixo não voltem a acontecer e a população saiba o local exato para se desfazer de documentos, fotos e materiais de importância histórica”, acredita Zaidan.

O Arquivo Histórico de Resende funciona na sede da Casa da Cultura Macedo Miranda, na Rua Luiz da Rocha Miranda, 117, no Centro Histórico. Fotos, jornais, documentos e outros materiais de cunho histórico podem ser doados de segunda a sexta, das 12 às 18h.

O Arquivo também pode digitalizar fotos e documentos dos quais o morador de Resende não queira se desfazer. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (24) 3354-6927.

FOTOS RARAS – As raras fotografias que iriam para o lixo retratam o período dos anos 1960 e 70 em Resende. Entre os momentos registrados estão desfiles cívicos, inaugurações de espaços públicos e paisagens da zona rural. Pensando no risco de perda deste e de outros tantos elementos históricos espalhados pelo município, a Casa da Cultura Macedo Miranda, através do Arquivo Histórico de Resende, resolveu iniciar a campanha.

Para o diretor do Arquivo Histórico, Angelo Tramezzino, o que ocorreu não é novidade. “Volta e meia famílias se desfazem de seus acervos pessoais por vários motivos. Falta de espaço ou desconhecimento da importância do material são os principais”, diz o diretor, que também lembrou que o Arquivo Histórico de Resende é o órgão que faz a guarda, conservação e divulgação de todo material histórico doado para a instituição. 

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

20:41 Cidades