sexta-feira, 18 outubro 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Nacional

Em BH, vereador é cassado por ‘rachar’ salário de gabinete

Servidores tinham que devolver parte do que recebiam

01/08/2019 15:05:48

Em uma reunião marcada por ameaças de morte, boletim de ocorrência e presença de reforço policial, o vereador Cláudio Duarte (PSL) teve o mandato cassado na manhã desta quinta-feira pela Câmara Municipal de Belo Horizonte. O relatório pela perda do mandato foi aprovado com 37 votos e nenhum contrário. Eram necessários 28 votos, equivalentes a dois terços dos parlamentares

É a primeira vez na história que a Câmara da capital mineira cassa um parlamentar. Na sessão havia 39 parlamentares presentes, mas a vereadora Nely Aquino não votou por ser presidente e o acusado Cláudio Duarte não se posicionou.

O suplente dele, que será convocado a tomar posse, é Ronaldo Batista, do PMN, pela qual o cassado foi eleito.

Duarte teve a cassação pedida por recolhido parte dos salários dos funcionários de gabinete e ter causado constrangimento à Câmara ao ter sido preso no dia 2 de abril. A outra motivação foi que ele teria mentido durante a comissão processante que analisou seu caso no Legislativo Municipal.

O parlamentar foi acusado de obrigar funcionários de seu gabinete a devolver parte do salário. O advogado que o defendeu disse que não há qualquer comprovação de que a prática tenha ocorrido. As informações são do jornal O Estado de Minas.

 

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

08:05 Polícia