sábado, 22 fevereiro 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Nacional

Defesa Civil de MG confirma 2 mortes na Zona da Mata

Há alerta para mais chuvas neste sábado

25/01/2020 11:44:31

Alagamento em Divino, na Zona da Mata de Minas Gerais

A Defesa Civil de Minas Gerais confirmou, na manhã deste sábado, mais duas mortes provocadas pelas chuvas que castigam o estado nos últimos dias. Segundo o órgão, uma ocorreu em Divino, na Zona da Mata de Minas. A vítima é um homem que teve a casa inundada no bairro São Pedro de Cima. Até o momento, a prefeitura local não conseguiu fazer um balanço dos estragos e dos desabrigados ou desalojados. Na cidade de Tocantins, um homem de 27 anos foi encontrado morto em local de inundação.

Até o momento desta publicação, a Defesa Civil confirma 10 mortos e 16 desaparecidos no estado. O governo do estado deverá decretar emergência ainda neste sábado.

Em Orizânia, uma represa rompeu na área rural Fumaça, na noite da sexta-feira, o que provocou alagamentos na área urbana. Até o momento desta publicação, a prefeitura não tinha conseguido fazer um balanço de desabrigados e desalojados.

Em Carangola (foto abaixo), os alagamentos deixaram pessoas ilhadas. Segundo os bombeiros, a situação foi agravada pelo rompimento de açudes de criadores de peixes durante a madrugada. A prefeitura informou que 96 pessoas foram desalojadas e que 32 casas estão interditadas.

Defesa Civil de MG confirma  2 mortes na Zona da Mata

Em Muriaé, foram registrados 115mm de chuva num período de 24 horas, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O dado mais recente dos bombeiros é da noite de sexta-feira, dando conta de 20 desalojados e quatro casas interditadas. Os bairros mais afetados foram Barra, Dornelas, José Cirilo e Encoberto. Em Ubá, os dados dão conta de 124,1 milímetros de chuva em 24 horas.

Em Fervedouro, não há informações ainda deste sábado, mas, até o início da noite da sexta, havia 108 pessoas desalojadas e 35 casas foram interditadas.

Também ainda não há informações oficiais de desalojados e desabrigados na região de Manhuaçu, onde diversas cidades amanheceram alagadas. Há informações sobre mortes, ainda não oficiais.

O Corpo de Bombeiros explicou que há uma interrupção na estrada que liga a Zona da Mata ao Norte Fluminense, já que o Rio Glória transbordou sobre uma ponte em Muriaé.

A circulação do trem de passageiros na Estrada de Ferro Vitória-Minas foi suspensa entre Governador Valadares e Belo Horizonte, neste sábado. Com a queda de barreiras e árvores na região de Sabará, o trem também não circula no sentido Belo Horizonte-Cariacica (ES).

O estado está apreensivo porque há risco de mais chuvas volumosas em várias regiões, incluindo a Zona da Mata. (Fotos: Divulgação Divino / Cedida por Eder Leal - Carangola)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

09:10 Cidades