quinta-feira, 01 outubro 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Decreto cria em Volta Redonda unidade de preservação

28/05/2019 20:22:24

O prefeito Samuca Silva e o secretário municipal de Meio Ambiente, o decreto de criação do Refúgio da Vida Silvestre Vale dos Puris. O evento teve a presença da secretária de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, Ana Lúcia Santoro, que também rubricou o decreto.

Além disso foi assinado o termo de cooperação do programa “Olho no Verde: Monitoramento da Mata Atlântica contra o desmatamento” e outro para acesso aos dados do cadastro ambiental rural.

As ações fizeram parte da Semana da Mata Atlântica.

- Este decreto cria uma unidade de conservação dentro de Volta Redonda, com quatro mil hectares de floresta de Mata Atlântica protegidos. Numa cidade do aço, que sempre foi conhecida como cidade cinza, é possível falar em unidade de conservação. Estamos provando agora, com várias ações e eventos, que é possível pensar num futuro falando de meio ambiente e deixando um legado para as próximas gerações – disse o prefeito.

A unidade abrange toda a área do bairro Santa Cruz, o parque do Ingá, e vai até a divisa com o distrito de Nossa Senhora do Amparo, em Barra Mansa. 

Além do decreto, Volta Redonda será a primeira cidade do estado a receber em tempo real o monitoramento via satélite de desmatamento, ou seja, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente será notificada de qualquer corte irregular de vegetação, podendo agir rapidamente.

- Ontem foi o Dia Nacional da Mata Atlântica e estamos celebrando essa criação de uma área de preservação de um bioma da Mata Atlântica, no qual o nosso estado está inserido. Este sinergismo mostra que é possível produzir e preservar, conciliando desenvolvimento com sustentabilidade – disse Ana Lucia Santoro.

Samuca recebeu a secretária do estado em seu gabinete, antes da assinatura do decreto, e falou sobre os projetos a serem desenvolvidos na questão ambiental e nos investimentos que já foram feitos. “Até o final de 2020 iremos plantar 50 mil mudas de árvores nas vias de Volta Redonda. Queremos deixar um legado impressionante na cidade, trazendo benefícios para toda a população”, enfatizou o prefeito.

Após a assinatura, acompanhada de Maurício Ruiz, ela visitou o Zoológico Municipal. Ao final da visita eles plantaram uma cerejeira do Rio Grande, dentro do zoo.  

Visita à ETE

Decreto cria em Volta Redonda unidade de preservação

A secretária estadual do Ambiente ainda foi conhecer o Saae e a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Gil Portugal, na Vila Santa Cecília. O diretor do Saae, José Geraldo Santos, o Zeca, explicou que a estação atende 60 mil moradores de Volta Redonda, cerca de 20% da população.

- Temos o projeto da ETE Três Poços, que tem potencial para beneficiar aproximadamente 15 mil moradores da região. A obra será realizada com recursos do Fundo Estadual de Conservação Ambiental e Desenvolvimento Urbano (Fecam) e com essa construção estaremos ampliando a rede de esgoto do município – explicou Zeca. (Fotos: Gabriel Borges e Geraldo Gonçalves)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

21:15 Política