domingo, 25 outubro 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Internacional

Covid volta a ter taxas de transmissão ‘alarmante’ e 3 países anunciam medidas

Israel determina novo confinamento; Espanha e Reino Unido devem se pronunciar hoje

18/09/2020 10:32:48

 

A sensação de arrefecimento da pandemia de Covid-19 que o Brasil está passando leva à falsa sensação de que a onda de contágio passou. Tudo indica que não é bem assim. Com mais de 30 milhões de casos de coronavírus pelo mundo, alguns países estão detectando uma taxa de contaminação novamente "alarmante". Espanha e Reino Unido, por exemplo, já adotaram novas medidas e outras devem ser anunciadas nesta sexta-feira (18) para conter o avanço do vírus.

Em Israel, por três semanas a partir de hoje, um novo confinamento geral foi ordenado pelo governo. A determinação levou cerca de 400 pessoas, descontentes com a determinação do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, a um protesto na noite da quinta-feira (17). O medo do desemprego motivou a manifestação.

Na Europa, o surgimento de novos casos da infecção supera os registrados em março e abril. "A única maneira de garantir que o país possa aproveitar o Natal é ser duro agora", disse o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, em entrevista a um jornal britânico.

Em algumas regiões do nordeste da Inglaterra, onde vivem quase 2 milhões de pessoas, estará proibido o encontro entre pessoas de casas diferentes, os pubs não poderão servir no bar (apenas à mesa) e todos os locais de entretenimento terão de permanecer fechados entre 22h e 17 horas. Também estão proibidas reuniões de mais de seis pessoas, incluindo crianças.

Na Espanha, país com quase 31 mil mortes por Covid-19, as autoridades de Madri reconheceram que se viram sobrecarregadas pelo ressurgimento da pandemia. Nas últimas semanas, a região, de 6,6 milhões de habitantes, concentra um terço dos novos casos e novos óbitos no país. "É preciso fazer o que for preciso para controlar a situação em Madri", disse o ministro da Saúde espanhol, Salvador Illa.

O número de pacientes explodiu nos bairros e cidades mais modestos da zona sul da capital, onde foram contabilizados mais de mil novos casos para cada 100 mil habitantes nas últimas duas semanas. Diante do agravamento da situação, foram anunciadas nesta sexta novas restrições que entrarão em vigor a partir deste sábado (19) ou da segunda-feira (21). Com informações do Uol.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

09:42 Cidades