quarta-feira, 21 agosto 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Câmara se junta a movimento para manter DPU em Volta Redonda

16/07/2019 17:49:17

A Câmara de Volta Redonda vai se juntar ao movimento iniciado esta semana para que a Defensoria Pública da União (DPU) da cidade não venha a interromper as suas atividades. O risco de fechamento foi revelado pelo FOCO REGIONAL na semana passada.

O risco existe por causa da decisão do Ministério da Economia de não renovar a cessão de servidores de outros órgãos cedidos à instituição. Além de diversos outros núcleos do país, no estado do Rio o mesmo risco correm as DPUs de Niterói e da Baixada Fluminense.

O prazo para que estes servidores retornem é o próximo dia 17. A DPU tenta negociar a permanência até que seja votado pelo Congresso Nacional o plano de carreira da instituição e não descarta recorrer à Justiça para manter os servidores cedidos.

Na tarde desta terça-feira, o defensor federal Claudio Santos se reuniu, ao lado de representantes de movimentos sociais, com o presidente da Câmara, Edson Quinto, no salão nobre da Casa. No próximo dia 24 (quarta-feira), será promovido um abraço à sede da DPU, localizada na Avenida Lucas Evangelista, no bairro Aterrado.

- Nós vamos ajudar a mobilizar a população. Também os deputados federais, pois é uma ação que vem do governo federal – disse Quinto.

A reunião desta terça ocorreu na esteira de outra, realizada na segunda entre representantes de diversos movimentos com o defensor, na sede do núcleo. Mobilizados pelo MEP (Movimento Ética na Política), cerca de 50 pessoas, entre elas atendidos, participaram. Vieram pessoas de diversas cidades, como de Mangaratiba e Valença. Também marcou presença João Helvécio Carvalho, defensor público do estado em Volta Redonda e Ronie de Oliveira, diretor do Furban (Fundo Comunitário de Volta Redonda).

No encontro, atendidos expuseram sua preocupação e alguns até se emocionaram com o risco de desamparo que poderá acontecer com suas causas.

No mesmo encontro foi formada a Comissão de Defesa da DPU de Volta Redonda, com participação de catadores, posseiros, quilombolas, caiçaras e outros.  O movimento também quer o engajamento dos prefeitos das cidades da região. (Foto: Divulgação)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

11:23 Polícia