quarta-feira, 05 agosto 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Política

Câmara aprova CPI para apurar caso que resultou em prisão de vereador

12/03/2020 21:46:59

A Câmara de Volta Redonda aprovou, na sessão desta quinta-feira, a criação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar os fatos que resultaram na prisão do vereador Paulinho do Raio-X (MDB), no último sábado. O parlamentar foi solto na segunda-feira por decisão de um desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, mas está afastado do legislativo por ordem do mesmo magistrado.

A comissão foi proposta pelo vereador Rodrigo Furtado (PTC)  já na segunda-feira passada. Antes da votação, o autor salientou que a CPI não tem competência criminal, e sim administrativa, para comprovar se houve quebra de decoro. Ele deve ser o presidente da comissão. A indicação dos demais membros – que poderão ser voluntários – deve ser definida na próxima semana. Caso isso não ocorra, os outros integrantes serão definidos por sorteio.

De acordo com Furtado, a comissão deverá ouvir todos os personagens do caso, tratado pelo Ministério Público estadual e a Polícia Civil como extorsão ao prefeito Samuca Silva relacionada a requerimentos de impeachment do prefeito na Câmara. “A CPI vai convidar todos a prestar esclarecimentos, inclusive o prefeito. Quem não atender será convocado e, se for necessário, pode até haver condução coercitiva”, explicou o vereador. Ainda segundo ele, Paulinho do Raio-X não poderá ser ouvido na Casa, devido à determinação judicial.

A criação da comissão foi aprovada numa sessão marcada por duros pronunciamentos dos vereadores Nilton Alves de Faria, o Neném (PSB), presidente do Legislativo, e Carlinhos Santana (Solidariedade). Da tribuna, eles  atacaram o prefeito Samuca Silva, depois da revelação de que seus nomes foram citados no depoimento dado por ele à Polícia Civil, no dia da prisão de Paulinho. Samuca afirmou que, segundo Paulinho, o pedido de propina incluiria também Neném e Carlinhos.

Neném leu trechos do depoimento para demonstrar que Samuca fez deduções com base no que teria ouvido de Paulinho e enfatizou, sobretudo, o trecho em que o prefeito disse à polícia que não teve contato com ele e Carlinhos. Em sua fala, que durou mais de 20 minutos, o presidente da Câmara se referiu a Samuca sempre como “prefeito doente”. Em outro trecho, o acusou de ser “irresponsável e sem caráter”.

- Não estou pedindo desculpas a ninguém porque não devo. Vou continuar andando de cabeça erguida – afirmou Neném, para quem a menção de seu nome teve por objetivo atingir o ex-prefeito Antônio Francisco Neto.

No pronunciamento, Neném ainda expôs na tribuna diversos medicamentos contra depressão que, segundo ele, voltou a tomar por conta do episódio. Acrescentou que o dia hoje foi “o mais difícil” para ele, por causa do abalo sofrido por família, principalmente por ter que explicar ao pai, de 86 anos, “o que pode vir a acontecer”.  No final, Neném chorou ao agradecer às pessoas que lhe manifestaram apoio.

- Peço que orem por mim e pela minha família – apelou, sendo aplaudido pela maioria das pessoas que estavam na plateia.

Também da tribuna, Carlinhos Santana chamou o prefeito de “verme” e prometeu ir às últimas instâncias para defender sua honra. “A responsabilidade do Paulinho é dele. Nunca me vendi. Ele quer desmoralizar esta Casa”, disse o parlamentar, que também reclamou da imprensa pela forma como seu nome e o de Neném foram divulgados, sem que eles tenham sido citados pelo Ministério Público ou pela Polícia Civil.

Depois de dizer que sempre fez oposição a Samuca, o vereador ainda criticou os colegas que fazem parte da base do prefeito, que rejeitaram na sessão o requerimento de sua autoria para que o governo informe quantos são, quem são e quanto recebem os acupantes de cargos comissionados, dados que, segundo eles, teriam sido retirados do Portal da Transparência da prefeitura.

A sessão foi acompanhada pelo suplente de Paulinho do Raio-X, Marcelo Moreira. Ele está na expectativa de ser chamado para ocupar a cadeira enquanto durar o afastamento do titular, mas disse que ainda não consultou a Câmara a respeito.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

21:22 Cidades