sábado, 19 agosto 2017
Fale Conosco | (24)3343-5229

Lazer

Café, Cachaça e Chorinho tem 14ª edição no Vale do Café

20/04/2017 11:00:53

A chegada do outono, estação que suaviza o clima e potencializa as cores, será o cenário para o Café, Cachaça e Chorinho, no Vale do Café, que pelo 14º ano celebra a cultura e sabores regionais ao som da música instrumental mais famosa do Brasil. Marcado para acontecer de4sta sexta até o próximo domingo, o evento, traz programação temática em várias cidades.

Os grupos musicais marcam presença em espaços públicos e hotéis, com apresentações ao vivo e degustação da tradicional feijoada. Para se aprofundar no universo musical do choro, vale conferir os lançamentos e palestras dos autores convidados, entre eles os pesquisadores André Diniz e Spirito Santo.

Harmonizar os dois ingredientes em uma só bebida é também é uma arte, e os aspirantes a bartender podem conferir o workshop gratuito de café e cachaça.

Conhecendo os produtores de perto

No ano em que o turismo sustentável é eleito como um dos temas da ONU (Organização das Nações Unidas), as fazendas históricas e produtores locais oferecem passeios que buscam proximidade e compreensão dos produtos da terra, reescrevendo a atuação da região na história, com foco em qualidade e sustentabilidade. O Vale abriga um dos alambique mais premiados do país, a Cachaçaria Werneck, em Rio das Flores, que acabou de ter sua nova linha de aguardente e a versão Ouro da bebida premiadas com medalha de ouro no mais famoso concurso de vinhos e destilados do mundo, o Concurso Mundial de Bruxelas, edição Brasil.

A Werneck fica aberta à visitação mediante agendamento a quem quiser acompanhar de perto o processo de produção e degustar as variedades já consagradas do destilado de cana.

Outra novidade para os amantes de cachaça é abertura para visitação da Fazenda das Palmas, em Paulo de Frontin. Além de conhecer a casa sede, os viajantes poderão visitar o recém-inaugurado alambique e acompanhar do início ao fim o ciclo de produção da bebida, vivenciando desde a plantação à degustação. Com a vertente da sustentabilidade, a fazenda realiza durante o evento seu primeiro curso de agrofloresta, com o professor Sérgio Olaya. As atividades são todas práticas e marca mais uma etapa na implantação da agroecologia na fazenda.

O café, um dos protagonistas do evento, aparece em versão inédita no Vale, reunindo os predicados gourmet e orgânico na sua produção. A Fazenda Alliança, em Barra do Piraí, é a responsável pela iniciativa, que busca transformar a imagem do café na história: se no passado o Vale foi associado ao uso extensivo do solo, hoje pode ser conhecido pelos novos modos de produção, através de manejo sustentável, que não faz uso de aditivos e que prioriza o bem-estar tanto dos consumidores como dos que lidam com a terra.

Na visita à fazenda, além de passar pelo circuito de café original do século 19, os visitantes verão os primeiros pés de café orgânicos da fazenda, que em dois anos estarão em plena produção, e aprender sobre as características do plantio orgânico, podendo também levar para casa exemplares da horta e pomar, através do sistema “colha e pague”.

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

12:18 Cidades