segunda-feira, 24 setembro 2018
Fale Conosco | (24)3343-5229

Esporte

Brasil sem inspiração só empata com Suíça

Time saiu na frente, mas cedeu resultado

17/06/2018 17:06:06

A Seleção Brasileira tropeçou em sua estreia no Mundial 2018.  Jogando em Rostov, a equipe comandada por Tite empatou em 1 a 1 com a modesta Suíça, depois de abrir o marcador logo no começo da partida. Com uma atuação apagada de seu principal astro, Neymar, o time se ressentiu também de alternativas de jogadas para se desvencilhar da forte marcação imposta pelo adversário, que, por sua vez, contou com uma falha grosseira da defesa para chegar ao empate no segundo tempo.

O Brasil voltará a campo na sexta-feira, contra a Costa Rica, às 9 horas (de Brasília), em São Petersburgo, enquanto a Suíça enfrentará a Sérvia, às 15 horas, em Kaliningrado. Com os resultados, deste domingo, a Sérvia lidera o grupo E com três pontos. Brasil e Suíça estão com um, enquanto a Nigéria não marcou ponto.

Começo animador

Coube à Suíça a primeira chegada com perigo e logo aos 3 minutos de jogo. Dzemaili recebeu na direita e chutou de primeira, mas mandou para fora.

Já a Seleção Brasileira ameaçou aos 10 minutos, numa jogada em que Neymar tabelou com Coutinho e rolou para Paulinho recebe, que chutou próximo da trave.

O gol brasileiro não demorou a sair, fazendo parecer até que o time conquistaria umna vitória com facilidade. Aos 18, Marcelo fez uo cruzamento, a zaga desviou e bola sobra para Philipe Coutinho, que, de fora da área, acertou um belo chute no ângulo esquerdo, sem qualquer chance de defesa para o goleiro da Suíca: Brasil 1 a 0.

Os suíços, porém, não se abateram com a desvantagem e começaram a sair mais para o ataque, porém, sem se descuidar da defesa. Já o Brasil procurava espaços e conseguiu chegar com perigo, novamente, aos 32 minutos. O time conseguiu um escanteio e, na cobrança, Gabriel Jesus subiu mais que a zaga, mas mandou para fora.

Depois disso, só aos 46 e mais uma vez em cobrança de escanteio, o Brasil levou ameaça ao adversário: Neymar mais uma vez cobrou e Thiago Silva mandou a bola perto do travessão.

Zaga permite empate

Veio o segundo tempo e o inesperado aconteceu para o Brasil logo aos 4 minutos. A Suíça foi ao ataque e ganhou escanteio. Na cobrança, a bola chegou limpa para Zuber, que não foi incomodado por ninguém. Ele testou sem qualquer chance para o goleiro Alisson. Os jogadores brasileiros reclamaram com a arbitragem de um “chega pra lá” do atacante em Miranda.

Curioso como o gol desconcertou o time brasileiro. A equipe passou a ter dificuldades de tocar a bola e ocupar os espaços. Enquanto isso, o time da Suíça se fechou ainda mais, formando um verdadeiro paredão a partir de sua intermediária.

Tife fez três alterações no time, tentando mudar o panorama do jogo. Tirou Paulinho e colocou Renato Augusto. Casemiro por Fernandinho e ainda trocou Gabriel Jesus por Firmino. Mas o time não se achou. Somente aos 24, mais uma vez Coutinho, num lance idêntico ao que resultou no gol brasileiro, acertou um chute na rede pelo lado de fora.

Três minutos depois, o Brasil reclamou de um pênalti. Renato Augusto lançou Gabriel Jesus na área. O atacante disputou com a zaga e caiu. A arbitragem mandou o jogo seguir, igorando os pedidos dos brasileiros para acionar o VAR.

- Isso é Copa do Mundo. Jogamos contra uma grande seleção. Vamos tentar nos recuperar para o próximo jogo. É importante para a seleção jogar bem e fazer o resultado – avaliou Coutinho após a partida.

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

20:36 Educação