domingo, 17 novembro 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Esporte

Voltaço é destaque no acervo do Museu do Futebol

29/09/2011 16:46:14

O Volta Redonda, Voltaço, conquistou seu espaço no Museu do Futebol, anexo ao Estádio do Pacaembu, em São Paulo. O clube é o único time do Sul do Estado do Rio que garantiu, no campo, seu espaço no museu da maior paixão nacional.

 

Entre a Grande Área, logo no hall do museu, onde um pequeno escudo marca a presença do Volta Redonda, e a sala Jogo de Corpo, na qual todos os 128 clubes que já participaram da primeira divisão têm seu espaço, o Voltaço ainda pode ser lembrado na sala das Copas, com a honra de ter contratado o jogador Alemão, da Seleção que foi ao México em 86, na sala dos Números e Curiosidades, quando contou com o goleiro Palmieri - o mais alto jogador de toda a história do futebol brasileiro, com 2,01m -, e na sala dos Gols, com os artilheiros Cláudio Adão, Donizete, Túlio Maravilha e Fábio. Os dois últimos foram os únicos artilheiros de Estaduais pelo Volta Redonda.

 

O fato de o Voltaço ter disputado uma das competições mais difíceis e concorridas do mundo, permite ao visitante do museu conhecer, com destaque, um pouco da história do Volta Redonda escrita em uma página concedida aos 128 clubes que já figuraram, ao menos uma vez, na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. O Tricolor de Aço disputou três edições (1976, 1977 e 1978).

 

Milhares de clubes de futebol são filiados atualmente às 27 Federações Estaduais que, por sua vez, são filiados à CBF, e apenas esse seleto grupo de clubes participou da primeira divisão do Campeonato Brasileiro entre 1971 (ano em que a competição foi oficialmente instituída) e 2008.

 

Os fichários em acrílico, exibidos em ordem alfabética, resumem a história dos clubes. O fichário do Volta Redonda contém alguns erros de pesquisa. O uniforme com as listras horizontais que o time usou em parte da temporada 2007 foi colocado como o oficial, além de nomes como o do atacante Humberto e do meia Valtinho, que marcaram época no clube, terem ficado de fora.

 

O museu mostra a história do Voltaço traduzida em títulos, como Taça Guanabara, Estaduais da Segunda Divisão, Copas Rio, Campeonatos do Interior, Torneio Incentivo, Torneio José Lemos e a Copa Finta Internacional. O hino, o escudo, as participações no Brasileiro Série A, o mascote, os gritos da torcida, o Estádio Raulino de Oliveira e alguns dos principais ídolos também foram lembrados.

 

A galeria destaca ainda os goleiros Valdir, Sandro e Lugão, os volantes Deley e Elson, o meia Lopes, o ponta-direita Botelho e os atacantes Donizete, Fábio, Cláudio Adão e Túlio Maravilha.

 

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

16:37 Polícia