domingo, 09 agosto 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Crivella visita sindicato e diz que votará contra terceirização

29/05/2015 15:29:46
"

Durante o café da manhã no Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense, desta sexta-feira, o senador Marcelo Crivella (PBR) garantiu que votará contra a PL-4330 (Terceirização) e disse que será um retrocesso para o país a aprovação do projeto de lei. O PL-4330 já passou pela Câmara dos Deputados e agora está no Senado Federal. Após o encontro na sede do sindicato, Crivella e o presidente do órgão sindical Silvio Campos foram até a Passagem Superior, na Vila Santa Cecília, conversar com os metalúrgicos da CSN.

“É numa crise que os mais ricos ganham dinheiro neste país. É quando o povo entrega tudo que tem: terrenos, casas, sítios, chácaras, pequenas empresas. E entrega até o destino de sua família, aceitando um emprego numa empresa terceirizada. Uma empresa vai terceirizar para quê? Para economizar, claro! E as terceirizadas vão cobrar uma taxa de administração. Essa economia da empresa principal e taxa das terceirizadas vão sair de onde? Do bolso do trabalhador”, disse o senador Marcelo Crivella, durante seu discurso para os metalúrgicos na sede do sindicato.

Hoje, segundo o senador, existem no país 12 milhões de trabalhadores em empresas terceirizadas. Com a PL-4330, esse número vai triplicar, passando para mais de 35 milhões. “Dados do Diesse mostram que as empresas terceirizadas são as que mais burlam o pagamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviços (FGTS), há maior número de acidentes de trabalho e são as empresas campeãs em processos trabalhistas. Quando é o sentido disso? Precarizar”, disse Crivella.

O Projeto de Lei 4330 prevê ainda a terceirização de empresas estatais, administração indireta e fundações. “Assim, aquele sonho que seu filho tem para trabalhar no Banco do Brasil, acaba. Pode ter terceirização de cabo a rabo no Banco do Brasil. Não existirão mais concursos públicos no país”, afirmou Crivella.

O encontro de ontem do senador com os metalúrgicos foi o resultado da visita do presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Silvio Campos, em Brasília, no início deste mês. Na ocasião, o sindicalista encontrou com os três senadores do estado do Rio de Janeiro (além de Crivella, o senador Romário e Lindberg Farias) e os convidou para visitar os metalúrgicos. 

“Fui a Brasília convidar os senadores para vir no sindicato para discutir como barrar o projeto de lei da Terceirização, que precariza os direitos trabalhistas. Para CSN, a terceirização seria um caos. Na semana passada, todos os principais sindicatos do país se reuniram em Goiás e ficou definido que os sindicatos locais iriam pressionar os senadores a votarem contra o PL 4330. Aqui no Rio, os três senadores garantiram que vão votar contra o projeto da terceirização”, afirma Silvio Campos.

O encontro teve a participação do deputado federal Deley de Oliveira; os vereadores Fernando Martins e José Augusto; presidente do Sindicato dos Engenheiros, João Thomaz; e do vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Renato Soares.

"

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

10:12 Polícia