domingo, 08 dezembro 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Nacional

Conselho Nacional do SESI pede apoio para o projeto Vira Vida

29/09/2011 16:47:34

O presidente do Conselho Nacional do Serviço Social da Indústria (Sesi), Jair Meneguelli, apresentou, durante o Encontro Nacional dos Prefeitos e Novos Prefeitos, na última terça-feira (10), em Brasília, o Projeto Vira Vida, que oferece formação profissional como alternativa para a sobrevivência de jovens e adolescentes em situação de exploração sexual. 

Em sua fase piloto, o projeto é desenvolvido em quatro capitais: Fortaleza, no Ceará, Recife, em Pernambuco, Natal, no Rio Grande do Norte e Belém, no Pará. Sua meta é qualificar 400 adolescentes e jovens até o final deste ano. Os prefeitos estão reunidos até esta quarta-feira (11). 

O governo quer integrar as esposas dos prefeitos ao Fórum Nacional de Combate à Violência contra Crianças e Adolescentes. O encontro também teve a participação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, da primeira-dama Marisa Letícia, e da ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff.

Idealizado pelo Conselho Nacional Sesi, o projeto oferece a jovens e adolescentes de 16 a 21 anos, cursos técnicos profissionalizantes com duração de seis a nove meses, desenvolvidos de acordo com as demandas das regiões onde são ministrados. Os participantes recebem auxílio psicológico e uma ajuda de custo de R$ 500 mensais como forma de incentivo a participação. 

O projeto Vira Vida é desenvolvido em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Conta também com o apoio do Ministério do Trabalho, Caixa Econômica Federal (CEF) e Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). 

A exploração sexual é considerada uma das piores formas de violação dos direitos humanos. Calcula-se que cerca de 2,5 milhões de pessoas no mundo inteiro são mantidas em situação de servidão sexual. Segundo a Organização Não Governamental (ONG) Coalizão contra o Tráfico de Mulheres e Meninas na América Latina, o fenômeno atinge 1 milhão de jovens no continente.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

09:59 Cidades